quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Saiba o que é o estilo rústico e como decorar seguindo à caráter

Por definição, a palavra rústico está relacionada ao campo, ao ambiente rural e às formas grosseiras, feitas sem muito cuidado com detalhes. É assim, com esse ar de mato e preguiça, que a decoração rústica conquista adeptos e admiradores por todo o mundo.
“Uma peça para ser rústica tem que ter textura, formas mais naturais e acabamento não delicado, imperfeito – essa imperfeição pode ter sido cuidadosamente calculada. É preciso remeter ao campo e à vida colonial, como mesas feitas com rodas de carro de boi, peneiras de palha, panelas de ferro e de pedra, cestos, gamelas e cuias, ou ter peso, ser quase o material natural, aparentemente pouco trabalhado como as mesas de tronco de árvore, cada dia mais populares”, conta a designer de interiores Vivianne Pontes.
Se você é mais uma das apaixonadas por esse estilo, não é muito difícil segui-lo. Vigas aparentes, com marcas do tempo, e paredes irregulares fazem parte dessa decoração, assim como a madeira, um dos principais elementos. Pedra, cal, barro, couro, cimento e metal não polido também fazem parte e podem ser usados em qualquer lugar.
“Fuja dos vernizes e lacas brilhantes. Busque peças com mais textura. Lembre-se que pra ser rústico é preciso enxergar o material base, os veios, a fibra. O estilo costuma ser despretensioso, e é comum vir acompanhado de artesanato. Uma colcha de patchwork não é exatamente um objeto rústico, mas costuma compor um ambiente rústico”, explica a especialista, que indica essa escolha para apenas algumas pessoas.

“Acho decoração temática sempre desinteressante, se não for autêntica. Nossa casa é cheia de significados e mostra nossos anseios, gostos, conta a história da gente. Então, se a pessoa mora em uma fazenda, acaba tendo uma casa rústica naturalmente, e pode ser bacana que ela tenha, por exemplo, arreios na decoração. Mas em uma cidade este elemento seria fora de propósito, a menos que contasse uma história pessoal. A decoração tem que harmonizar com a pessoa e com o lugar onde ela vive, pois só assim ela se sente mais confortável dentro de casa. É claro que se pode ter a casa inteira em estilo rústico, se isso combinar com a dona da casa e com o lugar onde ela vive. Não sendo o caso, para quem apenas gosta desse estilo, é melhor optar por detalhes ou alguns móveis. Incorporar algumas peças rústicas não significa que sua decoração é rústica, mas a terminologia não é realmente importante. O resultado, uma casa confortável de se ver e viver, é que deve ser o objetivo final”, conclui.


Relacionada ao campo, opção tem como característica as formas grosseira

Postar um comentário